Terça-feira, 15 de Abril de 2008

A Escultura do Renascimento

Ghiberti: "Portas do Paraíso"Também os escultores renascentistas se inspiraram directamente nos modelos clássicos. As suas figuras – nomeadamente a figura humana – são representadas de forma harmoniosa e com um realismo notável para o qual contribui o estudo profundo da anatomia. Tal estudo revela o desejo de perfeição que estes escultores sempre almejaram alcançar.

 

É igualmente da Antiguidade Clássica que se recupera a representação do nu humano e as figuras equestres.  

 

Ghiberti e Donatello são dois nomes grandes da escultura renascentista, mas foi com Miguel Ângelo que ela atingiu um grau de perfeição dificilmente alcançável. Repara no dinamismo, no vigor ou no dramatismo que este artista admirável consegue imprimir a todas as suas obras!

 

Agora vou calar-me porque quero, apenas, que te deixes encantar pelas imagens. Já sabes: para ampliar é só clicar sobre as figuras.

         Donatello: "David"             Donatello: "David" (pormenos)

 

Miguel Ângelo: "David"      Miguel Ângelo: David (cabeça)

 

                                         Miguel Ângelo: "David" (mão)

 

                                       Miguel Ângelo: "Pietà"   

            Miguel Ângelo: "Pietà" (rosto de Maria)           Miguel Ângelo: "Pietà" (rosto de Cristo)

 

 

 

                     Miguel Ângelo: "Escravo"                      Miguel Ângelo: "Escravo" (inacabado)

 

 

                

                                                  Donatello: "Maria Madalena"

 

Posso propor um exercício? Que tal, se comparassem as representações de David feitas por Miguel Ângelo e por Donatello? Quereriam ambos representar o mesmo aspecto da personagem?

 

Nota: para quem se não lembra, recordo que David foi o pequeno israelita que derrotou o gigante Golias com uma funda e que, depois, se veio a tornar no mais importante rei de Israel.
Fátima Stocker
publicado por asergio às 17:46
link do post | comentar | favorito
20 comentários:
De André, 8.º D a 15 de Abril de 2008 às 17:50

Eu vou descrever a quarta imagem de David!Penso que David está muito bem representado com um ar sério quando derrotou Golias e penso que o seu rosto mostra a sua força de derrotar um homem tão alto e forte como Golias.
Há um ditado popular que diz "A União faz a força", e dá para descrever a imagem.
De asergio a 15 de Abril de 2008 às 17:56
André: gosto da forma como começaste, mas discordo da forma como acabaste: David derrotou Golias sozinho, com a sua destreza, pontaria e inteligência. Essas eram as armas de que dispunha o pequeno David contra a pujança e a força bruta de Golias.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Objectivos para o ponto

. É com muito prazer!

. A Pintura do Renascimento

. A Escultura do Renascimen...

. Arquitectura Manuelina

. Renascimento: a arquitect...

. Belas palavras para decor...

. O Homem de Vitrúvio...

. Objectivos para o ponto

. S. Francisco de Borja

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links